Geração Fitness: Minha mudança de hábitos


Olá meus queridos e queridas leitoras!

No post de hoje, vou contar um pouco da minha mudança de hábitos nos últimos meses e ao longo do tempo vou mostrando algumas evoluções.

O título do post realmente mostra essa nova tendência: todo mundo quer ser fitness. Seja por estética, por auto-estima, pela saúde e bem estar... mesmo com a crise, as academias continuam lotadas.
Mas para se ter uma mudança de hábitos efetiva, não devemos fazê-lo somente para um objetivo momentâneo: "preciso perder 3 kg para entrar em tal roupa até o final de semana", ou " preciso perder 10 kg em um mês". 
Uma coisa é certeza: quanto mais rápido você perder peso por uma dieta louca, mais rápido você vai ganhar esse peso depois que você parar de fazê-la, pois a tendência é você acabar relaxando mais depois que atingir seu tão sonhado objetivo.

Comecei a academia em março/2015, com o objetivo de ganhar definição muscular. Nunca fui uma pessoa gorda e sempre mantive mais ou menos na mesma faixa de peso ~ 60/64 kg.
Dentro de uns 9 meses, já sentia uma pequena (bem pequena) diferença em meu corpo, aliás eu saí de uma vida sedentária e comecei a me exercitar mais. Mas ainda não estava satisfeita com as mudanças, aliás 9 meses é um belo tempo, e eu achava que já deveria estar um o corpo da Juju Salimeni hahaha. 

Em orientação com o personal da academia, comecei um programa de treinamento especial que se chama "Intensifique". Nesse programa de treinamento não existe ficha com exercícios para serem seguidos. O personal de acompanha durante todo o treino e orienta a execução de cada exercício. O treino é montado diariamente de acordo com a sua fadiga do treino anterior ou no caso das meninas, até do período do ciclo menstrual. O diferencial é que o personal fica com disponibilidade total para acompanhar o seu treino e dá aquele incentivo pra não pararmos no meio da série (aliás ele grita) haha.


Depois disso comecei a sentir os resultados vindo mais rápido, e me animei a intensificá-los ainda mais: procurei um nutricionista esportivo e uma endocrinologista e mudei minha alimentação. 

Posso dizer que, depois disso meu corpo respondeu 80% mais rápido do que só com a academia. Até meu problema de dores de estômago, referente a minha gastrite melhoraram.
Hoje faço dieta (deveria ser mais disciplinada, mas vamos levando...) e suplementação básica. Em três meses perdi 3% de gordura corporal - passei  de 20% para 17% e agora o objetivo é chegar aos 15% até agosto.


O ideal é realizar uma reeducação alimentar, trocar os alimentos utilizados no dia-a dia por alimentos mais saudáveis. A mudança não precisa ser radical, pois se quiser fazer uma diseta restrita logo de cara a chance de desistir no terceiro dia é quase 100%. Teste tirar as frituras, refrigerantes, doces e pães. Depois vá trocando outros alimentos pelos integrais: arroz, massas... Com essas mudanças, você sentirá uma grande diferença! 

Outra dica importante é não pular as refeições. Alimente-se bem e coma de 3 em 3hs. Essa regra tem suas exceções, porém para saber o que comer e quando comer para atingir seu objetivo é interessante consultar um nutricionista, ele te indicará o melhor caminho.

Fiquem com Deus e FORÇA NA PERUCA meninas!

Beijos
Daniele Feitosa
Engenheira civil, noiva, 25 anos, moro em Itatiba/SP. Academia, internet S2